Médico de Ipiaú-BA e mais dois colegas são mortos a tiros no Rio de Janeiro - RECONSAJ NOTICIAS

Breaking

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here

quinta-feira, 5 de outubro de 2023

Médico de Ipiaú-BA e mais dois colegas são mortos a tiros no Rio de Janeiro




O médico ortopedista baiano Perseu Ribeiro Almeida, de 33 anos, morto em um quiosque na Praia da Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, com dois amigos, morava em Jequié, no sudoeste da Bahia, e trabalhava em Ipiaú, no sul do estado.
Segundo Ednaldo Santos, amigo de Perseu Almeida, o médico viajou para o Rio de Janeiro uma semana antes do crime, onde participaria de um congresso internacional de ortopedia, e tinha previsão de volta para a Bahia no sábado (7).
“Era uma pessoa muito alegre, todo mundo gostava muito dele. Não saía da clínica sem atender ninguém. Atendia até quem não podia pagar”, disse o amigo de Perseu.
O médico, que completou 33 anos na terça-feira (3), era casado e tinha dois filhos: uma menina de 3 anos e um menino de 11. Perseu Almeida atendia na clínica Cliort, em Ipiaú. A unidade de saúde era da família dele.
O baiano se formou no Instituto Mantenedor de Ensino Superior da Bahia (UniFTC), em 2017, e fez residência médica em Ortopedia e Traumatologia pelo COT/Martagão.
Perseu também era especialista em Cirurgia do Pé e Tornozelo pelo Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.
Na noite de quarta, ele estava com os amigos, também ortopedistas, Daniel Sonnewend Proença, Diego Ralf Bomfim e Marcos de Andrade Corsato. Apenas Daniel Proença sobreviveu. Ele foi levado com vida para o Hospital Municipal Lourenço Jorge com pelo menos três tiros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad