Ticker

6/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Vídeo: Aos gritos, padre expulsa padrinho de batizado





Um batizado que ocorria no povoado de Santa Cruz, no município de Propriá, em Sergipe, terminou em confusão, na última quarta-feira, 4. Aos gritos, o padre, identificado como Rony, expulsou um dos padrinhos e se recusou a realizar o batizado de uma das crianças.
O padrinho era Gleidson Alves, de 36 anos. Depois do padre dizer que não iria batizar a criança, Gleidson tenta argumentar algo, mas é repreendido: "Respeita, respeita, rapaz. Quem é você, rapaz? Fora, fora", diz o padre, exaltado.
A um portal de notícias local, Gleidson contou que a confusão começou após o padre perguntar a ele qual era o nome da criança que iria ser batizada e ele ter que confirmar com a esposa. Ao Terra, um sobrinho de Gleidson disse que considerou a atitude do padre como descabida.
"O padre começou a grosseria, dizendo que ele não sabia o nome do afilhado, falou que ele não servia para ser padrinho e nem pai", contou Emmersonn Santana.
Ainda de acordo com Emmersonn, o padre teria dito que os pais da criança escolheram o padrinho na porta de um bar, insinuando que Gleidson estaria bêbado no momento da cerimônia. O
 padrinho, porém, diz que não consome bebida alcoólica.


Fonte: Terra

Postar um comentário

0 Comentários