Header Ads Widget

Se o Brasil fosse um vilão, como ele seria? IA cria imagem incrível




A utilização da inteligência artificial (IA) em diversos setores, como na saúde e na indústria, tem ganhado cada vez mais espaço nos últimos anos. Isso, é claro, não é nada diferente na área da arte. A popularidade do recurso está permitindo que os artistas explorem novas possibilidades criativas e criem obras inovadoras de arte gerativa.
Ela consiste na constituição automática de imagens, músicas e até mesmo vídeos, apenas com base nos algoritmos.
Esse é o caso do artista Lucas Freitas. Ele publicou nas redes sociais, o resultado do seu trabalho que consistia em transformar vários países em personagens monstruosos, tudo isso usando a ferramenta do MidJourney, que é um programa de IA que cria imagens. Veja como faria o nosso Brasil o longo do texto.
IA e geração de imagens surpreendentes
Assim como no DALL-E 2 (o software de criação de artes), essa inteligência artificial opera de forma semelhante. Basta que você forneça uma descrição detalhada, então o sistema se encarrega de realizar todo o trabalho.
O resultado são imagens realistas e habilmente elaboradas, que destacam as características específicas dos países mencionados e causam uma forte impressão. Para formar as imagens, Lucas reuniu os aspectos culturais de cada lugar para compor os personagens, além de incluir elementos naturais e físicos.
Na imagem brasileira, a representação incluiu referências à natureza, com a cor verde, as árvores das florestas, acompanhadas de olhos marcantes e dentes assustadores. Veja o resultado:
Outro exemplo, dessa vez dos Estados Unidos, agrupou personagens já conhecidos, como o vilão Coringa, da série Batman, bem como outros personagens famosos: o Tio Sam e o Kano, que faz parte do Mortal Kombat.
Cada país apresenta um vilão com características que fazem qualquer um refletir em como seria duelar com essas “personalidades”. E a criatividade do artista não para por aí! Ele também já usou a inteligência para descobrir como ficariam os planetas do sistema solar, se eles fossem heróis.
Ele até pediu para a própria empresa responsável pela IA para usar imagens de automóveis reais e reformulá-los em um estilo Cyberpunk, o que resultou em um mistura bem peculiar. A popularidade da tecnologia que transforma fotografias em obras de arte ou criam personagens a partir de descrições vem crescendo na internet.
Em 2022, uma dessas IAs foi capaz de criar múltiplos Pokémons originais a partir de uma única palavra ou texto. Além disso, o aplicativo Reface disponibilizou recentemente uma ferramenta do tipo que converte selfies em fotos de personagens famosos. É provável que você já tenha visto o resultado de alguma delas na internet.



Postar um comentário

0 Comentários