Auxílio Brasil pode ser cancelado se um familiar conseguiu emprego? | Reconsaj Noticias


Quem recebe o Auxílio Brasil sabe o quanto o benefício é fundamental para a sua subsistência. Entretanto, o que acontece quando um dos integrantes da família consegue um trabalho formal? A família pode deixar de receber o benefício? Abaixo, confira como funcionam as novas regras do Auxílio Brasil.
Auxílio Brasil pode ser cancelado se um familiar conseguiu emprego?
De acordo com o Ministério da Cidadania, para ganhar o Auxílio Brasil, é necessário obedecer duas regras:Ter um cadastro ativo e atualizado no CadÚnico;
Ter uma renda per capita que varia entre R$ 0 e R$ 105. Além disso, as pessoas que possuem renda entre R$ 106 e R$ 210 também podem receber o benefício, desde que morem com uma gestante ou um menor de 21 anos.
Sendo assim, não interessa se o cidadão tem um, dois, ou mais empregos dentro de uma mesma família. Se ele se encaixa nas regras acima, ele tem direito ao benefício.
Porém, há um detalhe importante: ao conseguir um emprego formal, toda a família tem um aumento na sua renda per capita. Com isso, pode haver um bloqueio no Auxílio Brasil. É dito isso, pois a renda pode ficar acima do permitido.
Por outro lado, se um integrante da família consegue um emprego, e ainda assim a sua renda fica abaixo do limite, o pagamento do Auxílio Brasil vai ocorrer normalmente. É necessário apenas, informar a alta na renda per capita no CadÚnico.
Regra de transição
Ademais, é necessário pontuar que há casos em que o cidadão consegue um emprego, aumenta a sua renda per capita para além do limite, e ainda segue no Auxílio Brasil. Em suma, trata-se da regra de transição.
Caso a renda per capita suba e fique entre R$ 211 e R$ 525, ele ingressa na regra de transição. Com isso, ele segue recebendo o dinheiro do Auxílio Brasil por mais 2 anos.
Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
-- Composite Start -->