Vídeo: Bolsonaro volta a insinuar possibilidade de golpe, diz que democracia não é sólida e que ´´caldo pode entornar``



O presidente Jair Bolsonaro voltou a insinuar a possibilidade de um golpe de estado durante transmissão ao vivo realizada nesta quinta-feira (18) após um alguns pequenos grupos de apoiadores promoverem atos contra o isolamento social no último domingo (14).
“Pelo que a gente vê no Brasil, nossa democracia e nossa liberdade não parecem tão sólidas assim. Devemos nos preocupar com isso, e o que eu digo: o que o povo quer, a gente faz”, disse o presidente logo no início de sua live.
Bolsonaro afirmou que vai apresentar ações ao Congresso Nacional e ao Supremo Tribunal Federal (STF) para “reestabelecer a ordem no Brasil”.
“Cada um tem que reconhecer a sua importância e seus limites, senão o caldo pode entornar, ter uma briga em casa, tensões entre Poderes… A gente não quer isso daí… Acima de tudo, o povo disse que quer trabalhar”, completou.
Na live da última quinta-feira (11), o presidente disse que “é fácil impor uma ditadura” e sugeriu uso das Forças Armadas para um golpe. “Lembram daquele vídeo nosso que vazou, que não era par ter vazado, mas o ministro Celso de Mello [do STF] falou que tinha que botar para fora, que eu havia interferido para PF [Polícia Federal]?! Viram primeiro que não havia interferência nenhuma, e, em dado momento falei, aquilo é espontâneo: como é fácil impor uma ditadura no Brasil. Vou repetir: como é fácil impor uma ditadura no Brasil”, declarou Bolsonaro.
“Faço o que o povo quiser. Sou chefe das Forças Armadas, e as Forças Armadas sabem o que está acontecendo”, acrescentou, na ocasião.
Em vídeo divulgado nesta quinta, o pastor Silas Malafaia pediu para o presidente convocar Forças Armadas para estabelecer “lei e ordem”.
Assista ao vídeo:


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem