Header Ads Widget

Lula Decide Se Irá Liberar Pagamento ANTECIPADO Do Bolsa Família




O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS) anunciaram mudanças significativas no calendário do Bolsa Família para o mês de maio de 2024, visando otimizar a distribuição dos recursos e proporcionar um suporte mais ágil às famílias em situação de vulnerabilidade.


Diante dos recentes desastres naturais, especialmente no Rio Grande do Sul, o governo avalia a possibilidade de liberar os pagamentos de forma antecipada, seguindo um modelo de unificação já no dia 17 de maio.
Lula decide por antecipação do Bolsa Família

O calendário de pagamentos do Bolsa Família foi meticulosamente planejado para evitar congestionamentos nos pontos de saque e garantir que todos os beneficiários tenham acesso aos seus recursos de maneira eficiente.


Tradicionalmente, os valores são liberados nos últimos dez dias úteis do mês, seguindo a ordem crescente do último dígito do Número de Inscrição Social (NIS) dos beneficiários. Aqui estão as datas programadas para o mês de maio:NIS final 1: 17 de maio
NIS final 2: 20 de maio (disponível a partir de 18 de maio, sábado)
NIS final 3: 21 de maio
NIS final 4: 22 de maio
NIS final 5: 23 de maio
NIS final 6: 24 de maio
NIS final 7: 27 de maio (disponível a partir de 25 de maio, sábado)
NIS final 8: 28 de maio
NIS final 9: 29 de maio
NIS final 0: 31 de maio

Em resposta à necessidade de proporcionar um suporte mais eficaz durante períodos de crise, o MDS decidiu adotar uma estratégia de pagamento unificado.


Esta medida permite que todos os pagamentos nas regiões designadas sejam realizados simultaneamente no primeiro dia da rodada oficial de maio, ou seja, dia 17, independentemente do último dígito do NIS.

Esta mudança é parte de uma resposta governamental às recentes enchentes e outros desastres naturais que impactaram severamente comunidades em diversos estados, incluindo o Rio Grande do Sul e Santa Catarina.


A unificação dos pagamentos visa minimizar os desafios logísticos e administrativos frequentemente enfrentados em situações de emergência, como perda de documentos e dificuldades de acesso aos pontos de saque.

Além da unificação no dia 17, o governo planejou antecipações específicas para beneficiários com NIS de finais determinados, visando facilitar o acesso aos recursos:
Beneficiários com NIS final 2: Acesso antecipado aos fundos em 18 de maio, um ajuste feito para evitar a espera durante o fim de semana.
Beneficiários com NIS final 7: Pagamentos realizados em 25 de maio, também antecipados para melhorar a logística de distribuição em fins de semana.

Essas antecipações demonstram a flexibilidade e o compromisso do governo em garantir que o suporte financeiro chegue quando mais necessário, especialmente em áreas afetadas por calamidades.Veja Também:
Valores Liberados pelo Bolsa Família em maio

O Bolsa Família, sob a administração atual, não só manteve sua essência de apoio às famílias necessitadas, mas também ajustou seus valores para refletir melhor as necessidades atuais dos brasileiros.


As quantias são liberadas de acordo com as características de cada grupo familiar, e os valores recebidos variam entre os beneficiários. Aqui estão os diferentes benefícios e os valores que serão liberados:Benefício de Renda de Cidadania (Base): R$142 por pessoa, com um valor mínimo de R$600 para famílias de até quatro membros. Este valor serve como a base do apoio financeiro, assegurando um mínimo de segurança econômica.
Benefício Primeira Infância (BPI): R$150 adicionais por criança de até seis anos. Este benefício apoia o desenvolvimento integral das crianças nos seus primeiros anos de vida.
Benefício Variável Familiar (BVF): R$50 adicionais por criança ou adolescente entre sete e dezoito anos. O objetivo é incentivar a educação e a saúde dos jovens.
Benefício Variável Familiar para Gestantes (BVF-Gestante): R$50 adicionais por gestante, ajudando a cobrir despesas emergentes durante a gravidez.
Benefício Variável Familiar Nutriz (BVN): R$50 adicionais para mulheres que estão amamentando, focado em apoiar a nutrição e o bem-estar durante os primeiros meses de vida do bebê.

As famílias que vivem em municípios que decretaram situação de emergência ou calamidade pública, incluindo mais de 380 municípios afetados pelas enchentes no Rio Grande do Sul, receberão seus benefícios antecipadamente no dia 17 de maio.


Este conjunto de medidas reflete o empenho do governo em adaptar-se às circunstâncias emergenciais e garantir que a assistência chegue a quem mais precisa com a maior brevidade possível.

Postar um comentário

0 Comentários