Header Ads Widget

Lista De CPFs Do Bolsa Família Que Serão BLOQUEADOS Em Outubro




O Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS), termina hoje (29) os pagamentos de setembro do novo Programa Bolsa Família. Por conta disso, a partir da próxima semana já devem começar os preparativos para aa rodada de repasses de outubro, já que esses preparativos geralmente ocorrem na primeira quinzena de cada mês.

Neste período, o ministério do novo programa de transferência de renda costuma verificar as informações cadastrais de cada um dos mais de 21 milhões de beneficiários do programa com o objetivo de identificar famílias que se encontram irregulares, e quando essas irregulares são descobertas, a família pode ser bloqueada e não recebe o benefício.

Bolsa Família outubro: Bloqueados
É importante destacar que não é divulgada uma lista oficial com os nomes ou os CPFs dos beneficiários do novo Programa Bolsa Família que serão bloqueados neste mês de outubro. Isso porque essa informação só pode ser verificada pelos próprios beneficiários nos aplicativos do programa dias antes dos pagamentos começarem, por isso, é necessário aguardar.

No entanto, já é fato conhecido que os bloqueados de cada rodada costumam ser aqueles que deixaram de atender a qualquer uma das regras ou exigências do programa. Dessa forma, basta conhecer essas regras para identificar quem serão os beneficiários bloqueados no próximo mês. No geral são duas regras básicas e algumas exigências.

A primeira regra diz respeito a atualização das informações do Cadastro Único (CadÚnico). Isso porque as famílias atendidas devem manter seus dados cadastrais sempre atualizados. Para isso, é necessário atualizar essas informações sempre que necessário, como no caso de mudança de endereço ou telefone, por exemplo, ou pelo menos uma vez a cada dois anos. Não cumprir esta regra resulta em bloqueio.

A segunda regra define que para o grupo familiar se tornar beneficiário do Bolsa Família e receber 100% do valor do benefício, deve apresentar renda familiar mensal de no máximo R$218 por pessoa. Porém, se a família já estiver no programa e elevar um pouco sua renda, passará a receber 50% do benefício se a nova renda ficar entre R$218,01 e R$660 por pessoa. Rendas acima desse valor provocam bloqueios.

Já as exigências do programa determinam que mulheres gestantes das famílias atendidas devem obrigatoriamente estar realizando o acompanhamento pré-natal. Determinam também que menores de idade devem ter tomado todas as vacina obrigatórias e precisam obrigatoriamente estar matriculados na escola e com boa frequência de comparecimento as aulas. Descumprir essas exigências causa bloqueios.
Bolsa Família: Repasses de outubro
Por fim, vale destacar que aqueles beneficiários que não forem bloqueados por suspeitas de irregularidades, poderão receber os pagamentos do novo Programa Bolsa Família do mês de outubro entre os dias 18 e 31, datas já confirmados pelo calendário oficial de repasses, que foi divulgado pelo Ministério do Desenvolvimento Social.

Além disso, mais uma vez as famílias receberão os valores de acordo com o numero final do Número de Inscrição social (NIS) de cada uma, que vai de 1 a 0. Confira a ordem de recebimento do benefício do novo programa de transferência de renda no cronograma abaixo:
NIS de final 1 – depósito na conta em 18 de outubro;
NIS de final 2 – depósito na conta em 19 de outubro;
NIS de final 3 – depósito na conta em 20 de outubro;
NIS de final 4 – depósito na conta em 23 de outubro (valores serão disponibilizados no sábado, dia 21/10);
NIS de final 5 – depósito na conta em 24 de outubro;
NIS de final 6 – depósito na conta em 25 de outubro;
NIS de final 7 – depósito na conta em 26 de outubro;
NIS de final 8 – depósito na conta em 27 de outubro;
NIS de final 9 – depósito na conta em 30 de outubro (valores serão disponibilizados no sábado, dia 28/10);
NIS de final 0 – depósito na conta em 31 de outubro.

Postar um comentário

0 Comentários