Header Ads Widget

LULA ANTECIPOU R$ 1.320 do SAQUE EXCLUSIVO do PIS 2023 para HOJE? Veja DATA de PAGAMENTO do PIS 2023




O Programa de Integração Social (PIS) e o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) são benefícios relevantes para os trabalhadores brasileiros.
PIS/Pasep 2023: trabalhadores nascidos em novembro e dezembro recebem R$ 1.320 nesta fase
No ano de 2023, o pagamento desses programas segue seu cronograma com ano-base 2021, e nesta fase, os colaboradores nascidos nos meses de novembro e dezembro serão contemplados com o valor de R$ 1.320.
O que é o PIS/Pasep?
De forma geral, o PIS/Pasep é um programa criado pelo governo brasileiro com o objetivo de promover a integração social e contribuir para o desenvolvimento do trabalhador. Ele é regulamentado pela Lei Complementar nº 7/1970 e proporciona benefícios financeiros aos trabalhadores do setor privado (PIS) e aos servidores públicos (Pasep).
Quem tem direito ao PIS/Pasep?
Em suma, o PIS é destinado aos trabalhadores do setor privado que estão cadastrados no Programa de Integração Social. Já o Pasep é voltado para os servidores públicos que contribuem para o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público.
Elegibilidade
Além disso, é importante destacar os requisitos necessários para ser elegível ao PIS/Pasep:
Ser cadastrado no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos;
Ter exercido atividade remunerada com carteira assinada por, pelo menos, 30 dias durante o ano-base utilizado para o cálculo do benefício.
Apresentar uma média de remuneração mensal que não ultrapasse o valor correspondente a dois salários mínimos durante o ano-base.
Assegurar que o empregador tenha informado corretamente os dados na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).
O pagamento do PIS/Pasep é realizado em fases, de acordo com o mês de nascimento do trabalhador. Dessa forma, nesta fase específica do ano de 2023, os colaboradores que nasceram em novembro e dezembro receberão a parcela de R$ 1.320.
Por isso, é importante estar atento ao calendário divulgado pelos órgãos responsáveis para saber a data em que o pagamento estará disponível.
Como receber o PIS/Pasep?
De modo geral, para receber o PIS, os trabalhadores do setor privado devem estar inscritos no programa. Desse modo, o valor pode ser sacado em agências da Caixa Econômica Federal, lotéricas ou caixas eletrônicos, conforme as orientações do banco.
Já os servidores públicos que têm direito ao Pasep devem verificar se o valor foi depositado diretamente em sua conta bancária no Banco do Brasil.
De forma geral, o PIS/Pasep é um importante programa de benefícios que visa apoiar os trabalhadores brasileiros. Portanto, é fundamental estar informado sobre quem tem direito ao programa e os requisitos necessários para ser elegível.
Acompanhar o calendário de pagamento e saber como efetuar o saque são passos essenciais para garantir o recebimento do benefício. Portanto, esteja atento às informações divulgadas pelos órgãos responsáveis e aproveite os benefícios do PIS/Pasep.
Como consultar o saldo do PIS/Pasep?
Essa é uma tarefa simples e pode ser realizada de diferentes maneiras, dependendo se você é um trabalhador do setor privado (PIS) ou um servidor público (Pasep).
Trabalhadores do setor privado (PIS)
Em suma, existem algumas opções para verificar o saldo do PIS se você é um trabalhador do setor privado:
Acesse o site oficial da Caixa e procure pela seção do PIS. Ou ainda, baixe o aplicativo Caixa Trabalhador em seu smartphone ou tablet. Faça o login com seu número do PIS e senha cadastrada para acessar as informações sobre seu saldo.
Servidores públicos (Pasep)
Além disso, acesse o site oficial do Banco do Brasil e localize a área destinada ao Pasep. Dessa forma, informe seu número de inscrição no Pasep e senha para acessar sua conta e verificar o saldo disponível.
Desse modo, baixe o aplicativo BB, faça o login com seu número de inscrição no Pasep e senha cadastrada para acessar as informações sobre seu saldo. Se preferir, vá até uma agência do Banco do Brasil e solicite a consulta do saldo do Pasep no atendimento.
                                               Fonte: Noticias Concursos

Postar um comentário

0 Comentários