Header Ads Widget

CONFIRMADO os brasileiros que vão receber a devolução do IMPOSTO em 2023






O lote de restituição, ou seja, a devolução do Imposto de Renda de Pessoa Física já possui data marcada para começar seus pagamentos. Desta maneira, com o término do prazo para a entrega da declaração do IR, em 31 de maio, já se torna possível o resgate do saldo pago em excesso pelo imposto.


De acordo com a Receita Federal, a estimativa é de que cerca de 38 milhões de contribuintes entreguem as declarações até o prazo estipulado. Ao final desta etapa, inicia-se o primeiro lote de restituição do Imposto de Renda.



Além disso, dados da Receita Federal apontam que uma quantia aproximada de R$ 300 milhões deve ser restituída aos contribuintes através do lote de pagamento. Sendo assim, deste total, R$ 196.597.938,60 serão pagos exclusivamente aos contribuintes que se enquadram no grupo prioritário. Neste grupo, incluem-se:
3.490 idosos com mais de 80 anos;
20.181 idosos na faixa etária de 60 a 79 anos;
3.261 pessoas com alguma deficiência física/mental ou moléstia grave;
6.161 pessoas cuja maior fonte de renda seja o magistério;
61.771 contribuintes não prioritários já foram contemplados.

É importante destacar que o contribuinte pode antecipar a restituição do Imposto de Renda através de duas formas. A primeira consiste no uso da declaração pré-preenchida para aqueles que ainda não prestaram contas ao Fisco. Já a segunda consiste em registrar a chave Pix no sistema da Receita Federal, desde que a chave seja o CPF do contribuinte.
Como antecipar o lote de restituição do Imposto de Renda?

Como já mencionado, para antecipar o lote de restituição do Imposto de Renda, pode-se usar tanto a declaração pré-preenchida quanto a chave Pix. Para executar o procedimento, confira os passos a seguir:
Primeiro, acesse o site da Receita Federal;
Em seguida, baixe a declaração pré-preenchida, que já terá informações prévias sobre a sua situação fiscal;

Nesta etapa, será necessário verificar se todas as informações estão corretas e atualizadas;
Caso contrário, faça as devidas correções na declaração pré-preenchida;
Em seguida, acesse o internet banking ou o aplicativo do seu banco e cadastre a sua chave Pix. Lembrando que a chave cadastrada deve ser o número de CPF;
Na hora de fazer a declaração do Imposto de Renda, informe a sua chave Pix no campo indicado;

Por fim, após a análise da sua declaração pelo sistema da Receita Federal, caso você tenha direito à restituição, ela será creditada na sua conta bancária cadastrada com a chave Pix. Este processo tem a duração de no máximo 5 dias úteis.
É importante lembrar que a antecipação da restituição do Imposto de Renda depende da análise da Receita Federal, assim como a instituição financeira emissora da chave Pix do contribuinte. Além disso, essa antecipação também está sujeita a taxas e tarifas por parte dos bancos. Dessa forma, é importante que o contribuinte se informe sobre as condições e custos antes de optar por essa modalidade.


Postar um comentário

0 Comentários