Iniciativas por uma alimentação mais sustentável | Reconsaj Noticias


Muitos não pensam sobre a relação entre dieta e meio ambiente, mas a verdade é que todos os itens que colocamos em nosso prato apresentam impactos negativos ou positivos não só para nossa saúde, como também para o nosso planeta e sociedade.
Um grande problema está relacionado ao consumo excessivo de carne. Um estudo do Conselho Empresarial Brasileiro para Desenvolvimento Sustentável (CEBDS) em parceria com a Agência Alemã para a Cooperação Internacional (GIZ) indica que a cada 1 milhão de lucro obtido com a pecuária, são gerados 22 milhões de prejuízos ambientais.
De acordo com a SEEG, 73% das emissões de gases de efeito estufa do Brasil estão diretamente ligadas à agropecuária, que costuma estar associada a queimadas e desmatamentos em regiões como a Amazônia e Cerrado.
Nesse contexto, algumas iniciativas têm sido criadas para conscientizar a população. Confira duas delas!
Sustentarea

O projeto Sustentarea é um NACE – Núcleo de Extensão Universitária e foi fundado em 2012 pela Faculdade de Saúde Pública (FSP/USP). Seu propósito é disseminar a alimentação sustentável e saudável com base em evidências científicas.

Em seus dez anos de história, promove eventos, cursos, produz e-books, revistas, receitas, além de programas de podcast que podem ser acessados gratuitamente no site da ação.
Além de conscientizar sobre a questão da carne, os conteúdos da iniciativa abordam questões gerais sobre escolhas alimentares, disponibilizando receitas de alto valor nutricional e baixo custo.

Saiba mais no site da Sustentarea.
Cortando na Carne


Cortando na Carne é uma websérie com quatro vídeos que apresenta de forma leve e bem-humorada os benefícios da redução do consumo de carne.

Além dos vídeos, que são estrelados pelo ator vegetariano Hugo Bonemer, a iniciativa também conta com um e-book gratuito “Alimentação Sem Carne – Um Prato Cheio Pro Futuro”, produzido pelo Instituto Akatu, Menos1Lixo e a Sociedade Vegetariana Brasileira.
No livro é possível encontrar um contexto dos impactos negativos da pecuária no Brasil, maneiras de se repensar hábitos e adotar alternativas de forma a garantir alimentos e recursos naturais para as próximas gerações.
Acesse o site da Cortando na Carne e saiba mais.
Consumo da carne em queda no Brasil
Apesar do Brasil ser um dos países que mais consomem carne no mundo, estudos indicam que os brasileiros estão começando a mudar a sua dieta.
Um último levantamento feito pelo Ibope, em 2018, indica que 14% dos brasileiros se consideram vegetarianos.
Dados da Inteligência em Pesquisa e Consultoria (Ipec) também apontam que 46% dos brasileiros já deixam de comer carne, por vontade própria, pelo menos uma vez na semana.
Junto a essa tendência, a pandemia e alta dos preços da carne tem feito brasileiros reduzirem o consumo desse alimento em suas dietas. Seja qual for o motivo, como indicado por diversos estudos, reduzir o consumo de carne beneficia a saúde e o meio ambiente.
Tem interesse em saber mais sobre meio ambiente e sustentabilidade? Conheça também o podcast do Pensamento Verde e ouça bate-papos com profissionais especialistas no tema.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
-- Composite Start -->