Header Ads Widget

Giro de Lula pelo Nordeste amplia base política do petista e costura alianças para 2022



Lula fragmenta base de Bolsonaro e volta do Nordeste com apoio de líderes de PP e PSD. Em 12 dias de visitas à região, o ex-presidente conversou com diferentes setores organizados, entre estes empresários, movimentos sociais e segmentos evangélicos
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) encerrou nesta quinta-feira (26) sua viagem de 12 dias por seis estados do Nordeste e deixou a região com o apoio público de líderes locais de siglas como PP e PSD já no primeiro turno das eleições presidenciais de 2022.
A direção do PT avalia que Lula cumpriu a missão a que se propôs com a viagem: retomar contatos com antigos aliados, refazer pontes e pavimentar apoios para 2022, seja no primeiro ou no segundo turno.
Legendas como PSB e MDB estiveram no centro das conversas políticas no Nordeste. Mas também houve avanço no diálogo com PSD e PP, além de tratativas pontuais com legendas como Cidadania, PV, Podemos e até mesmo com setores do PDT, informa reportagem da Folha de S.Paulo.
No seu giro nordestino, o ex-presidente conversou também com diferentes setores organizados, entre estes empresários, movimentos sociais e segmentos evangélicos.

Postar um comentário

0 Comentários