Header Ads Widget

Vitória sofre gol nos minutos finais e volta a perder na Série B do Brasileirão





O Vitória esteve muito perto de empatar com o CSA, neste sábado (14), no estádio Rei Pelé, pela 14ª rodada da Série B do Campeonato Brasleiro. Contudo, um gol aos 44 minutos do segundo tempo deu vantagem de 2 a 1 ao Azulão, que volta a vencer como mandante após três partidas. Os gols da equipe alagoana foram marcados por Gabriel e Lucão. Eduardo descontou para o Rubro-Negro Baiano.
O resultado mantém o Leão perto da zona de rebaixamento da competição. A equipe está na 15ª colocação, com 12 pontos, mesmo número que o Londrina, que abre a degola. De qualquer forma, o Rubro-Negro não pode voltar a figurar entre os quatro últimos nesta rodada.
Durante a partida, o Vitória teve duas baixas. Wesley Pionteck torceu o tornozelo e Dinei sentiu o joelho. Ambos foram substituídos, e devem realizar exames para analisar a profundidade das lesões.
O Leão vira a chave na próxima terça-feira (27). Vai encarar o Grêmio, pelo primeiro jogo das oitavas de final da Copa do Brasil, no Barradão, a partir de 21h30.
FICOU NO QUASE
O Vitória iniciou a partida tentando controlar a posse de bola. Como o CSA não pressionava tanto no campo de defesa rubro-negro, foi o que aconteceu. Mas a primeira finalização foi do Azulão, com Bruno Mota, aos 9 minutos. De longe, ele tentou o canto direito de Ronaldo, que caiu para fazer a defesa.
O Leão respondeu aos 20 minutos. Primeiro, Eduardo pegou a sobra de um escanteio de primeira e obrigou Thiago Rodrigues a fazer uma boa defesa. Na sequência, o próprio camisa 10 cobrou o tiro de canto e Mateus Moraes cabeceou com força. O goleiro do CSA fez nova defesa difícil.
Aos 30 minutos, Bruno Mota perdeu uma boa chance para o Azulão. Após boa jogada pela esquerda, Dudu Beberibe encontrou bom cruzamento para o atacante, que chegou sozinho para cabecear, tentou no contrapé de Ronaldo, mas mandou para fora.
A etapa inicial também ficou marcada pelas lesões de jogadores do Vitória. Aos 23 minutos, Wesley Pionteck caiu no gramado após dividida e teve de ser substituído por Ronan. Segundo o departamento médico do Leão, o atacante sofreu uma torção no tornozelo. Sete minutos depois, foi a vez de Dinei sentir o joelho. Samuel entrou no lugar do veterano.
A melhor chance do Vitória surgiu aos 38 minutos, com Ronan. Cedric recebeu passe de marcelo na direita e cruzou na medida para o atacante. Contudo, quando chutou, a bola explodiu em Samuel, companheiro de equipe, e o gol não saiu.
Dois minutos depois, Bruno Mota recebeu na frente, avançou em velocidade, entrou na área e tentou o chute, mas foi travado em cima da hora.
SEGUNDO TEMPO
A etapa final já começou com um susto para o Vitória. Dudu Beberibe recebeu de Dellatorre sozinho, na frente do gol, e isolou.
Outra jogada de perigo só veio surgir aos 15 minutos. Cedric mandou uma bomba de fora da área e a bola passou perto do canto direito de Thiago Rodrigues.
Aos 22', Renato Cajá protagonizou um lance peculiar. Arriscou de antes do meio de campo e a bola levou muito perigo à meta de Ronaldo. O goleiro ainda ficou sentindo após se esticar todo.
Foi um aperitivo para o que viria acontecer. Aos 28 minutos, Ernandes cruzou com categoria para Gabriel, que subiu de cabeça e abre o placar. O Vitória quase conseguiu responder aos 31'. Eduardo cobrou falta com força, no canto direito de Thiago Rodrigues, e o goleiro mandou para escanteio.
Sem problemas, porque dois minutos depois, o Leão conseguiu sua redenção. Soares cruzou na área e Renato Cajá colocou a mão na bola. O árbitro assinalou o pênalti, que Eduardo cobrou com muita categoria para empatar.
O jogo parecia caminhar para o empate quando, aos 44 minutos do segundo tempo, Yuri ajeitou com perfeição para Lucão colocar o CSA novamente na frente, após cruzamento de Gabriel.
FICHA TÉCNICA
CSA 2 x 1 Vitória
Série B – 14ª rodada
Local: Rei Pelé, em Maceió (AL)
Data: 24/07/2021 (sábado)
Horário: 21h
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Assistentes: Cristhian Passos Sorence (GO) e Hugo Sávio Xavier Corrêa (GO)
Gols: Gabriel e Lucão (CSA) / Eduardo (Vitória)
Cartões amarelos: Gabriel (CSA)
CSA: Thiago Rodrigues; Yuri, Matheus Felipe, Lucão e Ernandes; Geovane (Marco Túlio), Silas (Gabriel Tonini) e Gabriel; Dudu Beberibe (Aylon), Dellatorre (Reinaldo) e Bruno Mota (Renato Cajá). Técnico: Ney Franco.
Vitória: Ronaldo; Cedric, Marcelo Alves, Mateus Moraes (João Victor) e Pedrinho; Gabriel Bispo, João Pedro (Van) e Eduardo; Wesley Pionteck (Ronan), David (Soares) e Dinei (Samuel). Técnico: Ramon Menezes.

Postar um comentário

0 Comentários