Header Ads Widget

Após eliminar o Cruzeiro de Minas Gerais, o presidente Roberto Carlos agradece ao presidente Ricardo Lima | Reconsaj Noticias

Após eliminar o Cruzeiro de Minas Gerais, equipe que detém Seis títulos da Copa do Brasil e é uma das melhores equipes brasileira, e passar para as oitavas de finais da segunda melhor competição nacional, o Juazeirense comemorou o feito inédito. Este êxito na competição só foi possível, isso segundo o mandatário do Clube baiano por interferência da Federação Baiana de Futebol (FBF) junto a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), e fez agradecimentos ao presidente da (FBF), o senhor Ricardo Lima. Segundo Roberto Carlos, o presidente da FBF saiu de salvador para defender o clube do Juazeirense na CBF, e não permitir que a equipe baiana perdesse o mando de campo (veja o vídeo).
Além do Juazeirense, o Bahia também passou para fase seguinte depois de bater o Vila nova por 1 x 0 com gol de Gilberto depois de bobeira do goleiro do Vila. O Vitória ainda vai enfrentar o Internacional de Porto Alegre no jogo de volta da mesma competição, e buscará reverter à derrota por 1 x 0 no Barradão. Este ano te sido um ano bom para as equipes baianas na Copa do Brasil, e isso demonstra uma evolução do futebol baiano a nível Estadual e Nacional. Vale relembra que o Baianão foi decidido por duas equipes do Interior da Bahia, e o Juazeirense foi batido na Semifinal.

O presidente do Juazeirense agradece o presidente da Federação Baiana por empenho em ajudar o Juazeirense a não perder o mando de campo para a partida contra o Cruzeiro

Ainda sobre a noite de ontem pela Copa do Brasil, saíram equipes que são consideradas grandes nosso futebol Brasileiro – entre elas o Palmeiras, Cruzeiros e Corinthians são algumas das que se despediram prematuramente. Por outro lado: já passaram para a próxima fase as equipes do CRB, ABC, Santos, São Paulo, Vasco, Vila Nova, Atlético Paranaense, Fluminense, Criciúma e o Juazeirense – Faltam ainda 5 jogos e cinco vagas para completar a terceira fase.

Postar um comentário

0 Comentários