Mesmo com o período crítico da pandemia no primeiro trimestre, maioria dos empregos é mantida em Brumado



Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o membro da diretoria da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Orlando Gomes, disse que o comércio foi bastante afetado em Brumado nos três primeiros meses deste ano em virtude do agravamento da pandemia, principalmente no período de fevereiro e março. “Passamos maus bocados. Mesmo o comércio funcionando, não tinha faturamento favorável para conseguir honrar com toda movimentação financeira da empresa”, relatou. Agora, passado esse período de maior crise, Gomes destacou que o comércio começa novamente a “engatinhar” para retomada do seu crescimento, levando em consideração a conscientização da população diante da pandemia. “Os casos estão diminuindo, mas não podemos relaxar. Pode haver uma nova onda e a gente pede à população que continue no mesmo caminho da conscientização para que tudo possa funcionar”, pontuou. No que se refere à geração de emprego e renda, o diretor esclareceu que as novas regras nas medidas de suspensão e flexibilização da jornada de trabalho refletem diretamente na manutenção dos empregos no comércio. “Em 2021, mesmo com a ascensão dos casos, os dados são favoráveis. As empresas estão fazendo de tudo para manter seus funcionários. De janeiro a março, tivemos 1433 admissões e 1113 demissões, um saldo positivo de 320. A partir de maio, esperamos que as coisas aconteçam e o comerciante volte a equilibrar as suas contas”, finalizou.



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem