Header Ads Widget

Brumado: 'Não houve debate do que fazer', argumenta Conselho de Odontologia sobre combate à pandemia

Na última segunda-feira (15), o delegado do Conselho Regional de Odontologia, Moacir Pires Cordeiro Júnior, esteve presente da reunião do comitê gestor da crise do coronavírus para debater medidas de enfrentamento à pandemia em Brumado. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o odontólogo criticou o fato de que não foram discutidas, efetivamente, alternativas para diminuir a curva de contágio no município. “A prefeitura já estava bem decidida a ser contrária às restrições. Se falou muito em ações educativas, mas já estamos há mais de 1 ano nessa pandemia e não existe um ser no mundo que saiba que é necessário usar máscara, álcool, distanciamento, evitar aglomerações. Não é por falta de conhecimento que as pessoas não modificam o seu comportamento”, ponderou. Pires destacou que, se os números continuarem crescendo, vidas brumadenses começarão a ser perdidas por falta de assistência hospitalar, visto que não haverá UTI pra todos. “Diante disso, o que eu esperava da reunião era que as pessoas apresentassem algum tipo de alternativa para diminuir realmente o contágio e isso não foi feito. Vi ali pessoas defendendo os seus interesses individuais ou coletivos de uma classe e pouco ou praticamente nada foi se discutido com relação ao que fazer para diminuir o número de casos de Covid em Brumado”, reiterou.www.acheisudoeste.com.br

Postar um comentário

0 Comentários