Header Ads Widget

Auxílio vai começar na primeira semana de Abril e vai até Agosto



Com a promulgação da PEC Emergencial que viabiliza novos pagamentos do auxílio emergencial nesta segunda-feira (15), o governo está as pressas para conseguir lançar ainda nesta terça-feira a Medida Provisória (MP) que contará com todos os detalhes da nova rodada de pagamentos, como valores, duração e condições.

Segundo informações o plano do governo é divulgar também no mesmo dia o calendário de pagamentos do Auxílio Emergencial pela Caixa Econômica Federal.


De acordo com informações do jornal O Globo o anuncio da Medida Provisória deve ocorrer em evento no Palácio do Planalto que contará com a presença de diversos parlamentares com o objetivo de demonstrar que a nova prorrogação do auxílio emergencial é um conjunto de esforços de todos e não apenas do Executivo.


Logo, os pagamentos não devem acontecer mais este mês como estava previsto inicialmente por membros do governo. Os pagamentos no entanto devem se iniciar na primeira semana de Abril para os cidadãos que solicitaram o auxílio emergencial por meio de aplicativo e site bem como inscritos do CadÚnico que não recebem o Bolsa Família, e por último serão contemplados os inscritos que recebem o Bolsa Família a partir do dia 16.



Logo, a partir desta quinta-feira (18) os beneficiários do Bolsa Família receberão os valores normais do programa social e somente no mês que vem começaram a receber as parcelas do auxílio emergencial.

De acordo com membros da equipe econômica, seria um grande risco paralisar o sistema para rodar uma nova folha de pagamentos com os valores do auxílio. Por isso, o mais recomendado é que os pagamentos fiquem para abril.
                                        Foto: Marcello Casal Jr/ Agência Brasil

Com relação aos pagamentos, logo serão liberados quatro parcelas referentes aos meses de abril, maio, junho e julho para depósito em conta poupança social digital e que devem ser liberados até agosto no caso de saques residuais.


Os valores serão os mesmos já divulgados, ou seja parcelas que podem variar de R$ 150 a R$ 375, o que dependerá da composição familiar, onde pessoas que moram sozinhas vão receber R$ 150, casais ou famílias com mais de duas pessoas vão receber R$ 250 e famílias monoparentais, que são aquelas em que as mulheres são chefes do lar, o valor será de R$ 375.



Por fim, a Caixa Econômica Federal já tem toda a estrutura pronta para iniciar os pagamentos do auxílio, no mais serão 700 agências funcionando em horário especial e algumas unidades ainda devem abrir aos sábados, das 06hrs às 12hrs. O crédito em conta poupança acontecerá todos os dias, até nos domingos, já os saque serão disponíveis até os sábados.

Com informações o Globo editado e reescrito por jornal contábil

Postar um comentário

0 Comentários