Header Ads Widget

Saiu HOJE (02): Mulheres ACABAM De Receber Programa Exclusivo



                                                          Foto: Freepik
O governo federal anunciou o Programa Acredita, uma nova iniciativa destinada a facilitar o acesso ao crédito para mulheres empreendedoras cadastradas no Cadastro Único (CadÚnico).
Esse programa visa fornecer suporte financeiro para que essas mulheres possam investir em seus negócios, promovendo autonomia e fortalecimento econômico. Saiba demais detalhes a seguir.
Navegue Aqui [mostrar]
Programa Acredita para mulheres empreendedoras
O Acredita foi desenvolvido para apoiar mulheres que estão na informalidade ou que desejam iniciar um pequeno negócio. O crédito concedido pode ser utilizado em diversas áreas, como compra de equipamentos, matéria-prima ou até mesmo para abrir um espaço físico próprio, expandindo assim suas atividades no mercado.
Como participar do Programa Acredita
Para participar do programa, é necessário estar cadastrado no CadÚnico com informações atualizadas e ser o provedor do sustento da família. Além disso, as candidatas devem formalizar suas operações econômicas como Microempreendedor Individual (MEI).
Com o lançamento do programa, espera-se direcionar uma grande quantidade de recursos para projetos liderados por mulheres, promovendo assim a igualdade de gênero e o empoderamento feminino no contexto econômico.
É importante ressaltar que o recebimento do empréstimo pelo Acredita não afeta outros benefícios sociais, garantindo a segurança das participantes.
Estima-se que o valor médio do empréstimo seja em torno de R$ 6 mil, com a implementação de um sistema de garantia de crédito pelo governo, totalizando cerca de R$ 500 milhões em 2024.
Investimento do governo
O programa Acredita no Primeiro Passo foi lançado com um investimento inicial de R$ 1 bilhão, com metade desse valor liberado em 2024. Esse investimento visa disponibilizar até R$ 12 bilhões em crédito, proporcionando acesso a financiamentos para micro e pequenos empreendedores, algo que anteriormente era inacessível para muitos.
As operações do programa podem chegar a até R$ 21 mil, com um limite de crédito de até R$ 80 mil, equivalente a 30% do faturamento do Microempreendedor Individual (MEI). Metade dos recursos será destinada a mulheres empreendedoras, e o programa não cobra taxas de utilização do fundo.
Para facilitar o acesso ao crédito, o Governo Federal criou o Fundo Garantidor de Operações (FGO) Acredita no Primeiro Passo, gerenciado pelo Banco do Brasil. Esse fundo garante a cobertura de até 100% da operação contratada, eliminando a necessidade de avalistas ou garantias para os pequenos empreendedores.
Capacitação e apoio aos empreendedores
Além do acesso ao crédito, o programa oferece capacitação e apoio aos empreendedores, incluindo treinamentos e cursos para melhorar suas habilidades de gestão, orientação para o desenvolvimento de planos de negócios e estratégias de crescimento, e conexão com oportunidades de trabalho e geração de renda.
                                                       Fonte : Beneficioshoje

Postar um comentário

0 Comentários