Decisão OFICIAL! Lula Deixa Idosos Acima De 60 Anos Surpresos Com Lei | Reconsaj Noticias



                         (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil)

Conduzir veículos no Brasil requer, além de habilidade, a posse da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), um documento obrigatório para cidadãos a partir dos 18 anos. Recentemente, diversas alterações foram implementadas no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), especialmente focadas nos critérios de renovação da CNH, afetando diretamente motoristas idosos, com mais de 60 anos. Estas modificações visam garantir a competência e a segurança no trânsito, aspectos essenciais para a coletividade.
O governo brasileiro, buscando otimizar a segurança viária, revisou o CTB introduzindo novos prazos para a renovação da CNH, que variam conforme a idade do condutor. Essas mudanças são de grande importância, principalmente porque focam na capacidade e na saúde dos motoristas mais velhos, assegurando que eles estejam sempre aptos a dirigir.
Confira os novos períodos estabelecidos:Até 49 anos: renovação a cada 10 anos;
Entre 50 e 69 anos: renovação a cada 5 anos;
Mais de 70 anos: renovação a cada 3 anos;
CNH Provisória: validade de 1 ano.
Categorias da CNH
A CNH no Brasil é dividida em diferentes categorias, cada uma autorizando o condutor a dirigir tipos específicos de veículos. Estas categorias são determinadas conforme a capacidade dos veículos e o tipo de uso.
Veja a seguir as categorias existentes e suas definições:Categoria A: para motocicletas, motonetas, ciclomotores e triciclos motorizados;
Categoria B: veículos automotores de até 3.500 kg e 8 lugares, excluindo o motorista;
Categoria C: veículos de transporte de carga superior a 3.500 kg e até 6.000 kg;
Categoria D: veículos de transporte de passageiros com mais de 8 lugares, além do motorista;
Categoria E: combinações de veículos onde a unidade tratora se enquadre nas categorias B, C ou D.
As novas diretrizes para renovação da CNH buscam uma avaliação mais frequente das condições de saúde e técnica dos condutores, especialmente aqueles com idade avançada. Isso contribui significativamente para a redução de acidentes e para a promoção de um trânsito mais seguro, uma vez que garante que apenas condutores em plenas condições de dirigir estejam nas ruas.
                                                     Fonte   Beneficioshoje

Postar um comentário

0 Comentários