Header Ads Widget

Professora é encontrada morta após sair de casa para fazer caminhada




Uma professora foi encontrada morta em um terreno na localidade de Cajazeiras, a cerca de 6 quilômetros da sede da cidade de Varjota, no Sertão do Ceará, na manhã desta quarta-feira (25). A vítima foi atingida por cerca de oito facadas no pescoço, no abdômen, nas costas e nas mãos.
Flávia Maria Lopes de Sena Vasconcelos, de 49 anos, estava desaparecida desde a noite desta terça-feira (24), quando saiu de casa por volta das 19h para fazer uma caminhada, conforme relatado pelo marido dela, que comunicou a polícia e divulgou o caso nas redes sociais.
"Amigos, minha esposa saiu para fazer caminhada às 19h e até agora, 00:22, não voltou para casa. Já procurei em todos os lugares e a polícia já foi acionada. Pelo amor de Deus me liguem ou me mandem mensagem. Nossa família está sem chão", dizia a postagem feita no Instagram do marido da vítima.
O corpo de Flávia estava em um terreno próximo a uma estrada de terra e apresentava marcas de facadas. A vítima deixa o marido e dois filhos.
“Na manhã de hoje a gente recebeu uma ligação sobre o achado de cadáver. Imediatamente informei ao policiamento local, vim para o apoio e chegando aqui foi encontrado o corpo da Flávia Sena. […] Ela foi assassinada por arma branca. Um golpe de faca no pescoço e outra furada ao lado do corpo, pegando as costas, como se ela tivesse procurado se defender”, disse o secretário de Segurança de Varjota, tenente B. Sousa.
A Secretaria de Educação de Varjota lamentou a morte da docente e suspendeu as aulas da Escola Tereza Aragão Ximenes, onde a vítima trabalhava. O caso é investigado Delegacia Municipal de Varjota, que realiza apurações para elucidar o crime.

Postar um comentário

0 Comentários