Header Ads Widget

Funkeira perde a linha, faz oral na rua e é denunciada




A funkeira Mayara Juliana de Souza, conhecida como MC Mayara, foi denunciada à Polícia Civil na última quinta-feira (22) por praticar oral na Praça do Japão, um dos principais cartões postais de Curitiba (PR). A cantora divulgou um vídeo que mostra o ato intimo em uma plataforma de conteúdo adulto.
As cenas de relações explícitas foram protagonizadas por MC Mayara e o namorado dela. Na plataforma em que o vídeo foi divulgado, a artista deixa claro que o espaço é destinado para “satisfazer” os usuários.
O caso veio a tona após o delegado e deputado estadual Tito Barichello (União-PR) protocolar uma notícia-crime contra a MC conhecida pelo hit “Teoria da Branca de Neve” no 2.º Distrito Policial de Curitiba. No documento se baseia no artigo 233 do Código Penal, que dispõe sobre o crime de ato obsceno.
De acordo com a lei, “praticar ato obsceno em lugar público, ou aberto ou exposto ao público” está sujeito a pena de três meses a um ano ou multa.
O parlamentar pede que a Polícia Civil instaure um inquérito para apurar a conduta de MC Mayara e que ela seja interrogada. Ele também pede que ela seja indiciada.
Quem é MC Mayara?
MC Mayara, tem 29 anos e nasceu em Curitiba. Ela ficou conhecida por ser a primeira artista de eletrofunk no Brasil e teve a carreira alavancada pelo hit “Teoria da Branca de Neve”, cuja música foi lançada há nove anos e já conta com 3 milhões de visualizações no YouTube.
No Instagram, MC Mayara possui 50 mil seguidores. Em novembro de 2020, a funkeira teve um de seus hits revivido em uma parceria com Pabllo Vittar e Pocah, que lançaram a música “Bandida”.

Fonte: No Amazonas é assim

Postar um comentário

0 Comentários