Banco Central acumula mais de R$ 7 BILHÕES em dinheiro esquecido: saiba como RESGATAR seus valores - RECONSAJ NOTICIAS

Breaking

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here

sábado, 8 de julho de 2023

Banco Central acumula mais de R$ 7 BILHÕES em dinheiro esquecido: saiba como RESGATAR seus valores

Brasileiros podem acessar mais de R$ 7 BILHÕES em bancos ou instituições financeiras em julho, de acordo com as informações divulgadas pelo Banco Central. O montante acumulado é referente ao “Sistema Valores a Receber”. Os dados divulgados pela autarquia são desta sexta-feira, 7. A seguir, veja se você tem direito e saiba como resgatar seus valores, caso disponíveis.
Brasileiros que ainda não resgataram o montante estão perdendo tempo: veja só o que é preciso para ter o dinheiro de volta. (Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br).
Sistema Valores a Receber: segundo o Banco Central, brasileiros têm R$ 7 BILHÕES disponíveis
Ao todo, 36,5 milhões de pessoas físicas têm valores a serem resgatados. O sistema, inaugurado em novembro de 2022, já permitiu que aproximadamente 14 milhões de pessoas (38% do total) retirassem alguma quantia disponibilizada. Entre as empresas, pelo menos 535 mil companhias já receberam o dinheiro esquecido. Outras 2,7 milhões ainda possuem valores disponíveis para retirada.
Em maio, de acordo com o Banco Central, R$ 232 milhões foram resgatados pelos brasileiros. Esta foi a 3ª maior soma devolvida na série histórica, que contempla informações desde dezembro do ano passado. O montante devolvido perde apenas para abril (R$ 260 milhões retirados) e março deste ano (R$ 505 milhões).
A princípio, mais de 4,5 milhões de brasileiros têm direito a retirar entre R$ 100,01 e R$ 1000. Enquanto isso, 796 mil cidadãos podem resgatar somas acima de R$ 1000,01. O total a ser devolvido pelo sistema do Banco Central ultrapassa R$ 11 bilhões, dos quais R$ 4,1 bilhões já foram recuperados. Pessoas físicas ainda têm R$ 5,7 bilhões a receber e empresas, R$ 1,4 bilhão.
Em síntese, as consultas ao Sistema Valores a Receber, do Banco Central, podem ser feitas a qualquer momento, no site valoresareceber.bcb.gov.br. É necessário ter em mãos número de CPF e data de nascimento se pessoa física. Por outro lado, pessoas jurídicas podem consultar através do CNPJ e da data de abertura da empresa.
Por último, mas não menos importante, vale destacar que, para ter acesso às quantias, é necessário ter uma conta Gov.br nível prata ou ouro. A partir de então, o cidadão terá de acessar o site do Banco Central criado para o sistema com o número do CPF e a data de nascimento, se pessoa física, ou o CNPJ e a data de abertura do negócio, se pessoa jurídica.
Ademais, para receber o dinheiro esquecido, o cidadão precisará de uma chave PIX. Também é possível receber por DOC ou TED. Nestes casos, porém, o dinheiro cai na conta em até 12 dias úteis. Há, no entanto, instituições que não assinaram o “Termo de Adesão”, fazendo com que seja necessário realizar o requerimento de saque diretamente no banco ou na instituição financeira.
Por fim, qualquer pessoa física ou jurídica que em algum momento usufruiu de serviços em bancos ou instituições financeiras poderá ter direito aos valores a receber. Se é o seu caso, acesse o site valoresareceber.bcb.gov.br e, na página, clique em “Sistema de Valores a Receber” e siga conforme orientado pela plataforma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad