Bahia lidera ranking de mortes violentas em 2022; Jequié foi a cidade com mais ocorrências - RECONSAJ NOTICIAS

Breaking

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here

sexta-feira, 21 de julho de 2023

Bahia lidera ranking de mortes violentas em 2022; Jequié foi a cidade com mais ocorrências




A Bahia registrou 6.659 mortes violentas intencionais em 2022. Os dados alarmantes, que colocam o estado como líder no ranking nacional, foram colhidos pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública e divulgados nesta quinta-feira (20), em um anuário.
A soma total de mortes violentas intencionais engloba os crimes de homicídios dolosos (incluindo feminicídios, que são homicídios qualificados), lesões corporais que terminam com a morte da vítima e latrocínios, que é quando a vítima é assassinada para que o roubo seja concluído.
Todos os dados analisados pelo g1 nesta reportagem são com base no número absoluto de vítimas mortas, e não no número de ocorrências. Exemplo: um triplo homicídio é registrado apenas como uma ocorrência, mas são três pessoas mortas.
Jequié: a mais violenta no país em 2022
Das 50 cidades mais violentas do país, 12 estão na Bahia: o estado que mais aparece na lista. O município com maior taxa de mortes violentas é Jequié, que nem está na lista das 10 maiores cidades baianas, com base no Censo 2022, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
Já em 2023, o número de homicídios vem caindo na cidade sol. De acordo com os dados da 9ª Coorpin, divulgados no início desse mês, no primeiro semestre desse ano houve uma redução de 12,5% em comparação ao mesmo período de 2022.
Mais cidades baianas na lista
Em segundo lugar, aparece Santo Antônio de Jesus, no Recôncavo, com 88,3. Em seguida, Simões Filho, com 87,4, e Camaçari, 82,1. As duas cidades fazem parte da Região Metropolitana de Salvador.
Em nono lugar está Feira de Santana, com 68,5, e Juazeiro aparece em décimo lugar, com 68,3. Em seguida, em 11º está Teixeira de Freitas, com 66,8 e Salvador aparece em 12º, com taxa de 66. Na lista dos 20 mais violentos ainda aparecem os municípios baianos de Ilhéus (62,1); Luiz Eduardo Magalhães (56,5) e Eunápolis (56,3).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad