Ultimas

6/recent/ticker-posts

Mãe dá à luz em casa, sufoca bebê e esconde corpo em máquina de lavar



Uma jovem venezuelana de 23 anos foi presa acusada de infanticídio. Segundo o site Meganotícias, ela teria sufocado seu bebê recém nascido e depois escondido o corpo em uma máquina de lavar.
Johana Danexi Zambrano Castro é moradora de Petare, Caracas. Inicialmente, a jovem foi a um hospital apresentando fortes dores e sangramento. Ao ser avaliada pelos médicos, eles constataram sinais de um possível parto, então pediram mais informações à mulher. “Ela negou ter engravidado e dado à luz”, explicaram as autoridades ao jornal local ‘El Diario’.
Com a insistência dos médicos, Johana confessou que teve o bebê com 36 semanas de gestação em sua residência, mas disse que ele morreu no momento do parto.
Após a declaração, os profissionais de saúde contataram as autoridades locais, que foram até à casa da mulher. No local, o corpo do bebê foi encontrado dentro de uma máquina de lavar e envolto em um lençol.
Com o protocolo da autópsia, foi constatado que o bebê nasceu vivo e que a causa da morte foi asfixia. “Provando que a mulher teria escondido a gravidez e, ao dar à luz, não prestou a sua ajuda relevante e causou a sua morte“, disse um membro do Corpo de Investigações Científicas, Penais e Criminais.
Outro caso envolvendo criança
Um crime ocorrido no último 19 chocou a Argentina. Uma adolescente de 13 anos matou o irmão de 5. A motivação teria sido uma ‘crise compulsiva’. Roxana, mãe das crianças, estava estudando quando recebeu uma mensagem da filha dizendo:
“Mamãe, eu o matei”. Após isso, a mulher saiu desesperada à casa para verificar o que havia acontecido.
“Minha filha não queria abrir a porta para mim no início. Quando consegui entrar, não posso descrever o que vi”, relatou a mulher após ver a cena. De acordo com a mulher, a filha já havia relatado ouvir vozes e que tinha um amigo imaginário.
Ela culpou seu amigo imaginário. […] sempre lhe pedia por favor que não machucasse seu irmãozinho e que naquele momento o amigo imaginário não estava lá para salvá-lo”, finalizou.
                                                Fonte: Comunidade F7

Postar um comentário

0 Comentários