Ultimas

6/recent/ticker-posts

Mulher morre em voo e corpo passa 8 horas ao lado dos filhos em avião



Uma britânica morreu ao lado dos filhos em um voo enquanto retornava com a família para o Reino Unido, após 15 anos vivendo em Hong Kong. Segundo testemunhas, Helen Rhodes parecia bem quando embarcou. Porém, algumas horas depois, a mulher foi declarada morta após ter adormecido em sua poltrona. Segundo Jayne Jeje, uma amiga de Helen, os filhos e o marido da britânica tiveram que enfrentar oito horas de voo sentados ao lado do corpo, até que o avião fizesse escala em Frankfurt.
Quando eles chegaram ao aeroporto alemão, o corpo foi retirado do avião, enquanto seu marido e filhos seguiram para o Reino Unido. A causa da morte não foi divulgada.
Jayne Jeje organizou uma campanha de arrecadação de fundos para ajudar a família a custear o traslado do corpo e o funeral. De acordo com a amiga de Helen, a britânica estava animada para voltar ao Reino Unido.
“Eles encerraram uma vida em Hong Kong após mais de 15 anos para embarcar em um novo capítulo, morando de volta em sua casa no Reino Unido. Helen estava animada e nervosa com a mudança, mas ansiosa para ver sua família em casa, já que ela não via sua família e os pais idosos desde o início da pandemia”, escreveu Jayne nas redes sociais.
“Infelizmente, ela nunca mais os viu. Helen era única, uma joia. Ela era parteira de profissão e estava sempre disposta a ajudar ou aconselhar quem precisasse. Helen adorava conversar e fazia amigos com facilidade”, continuou Jayne.
Ainda segundo Jayne, Helen era parteira e, enquanto morava em Hong Kong, se tornou o “pulso de sua comunidade”. “Ela se tornou um membro inestimável de um grupo de maternidade e era ponto de referência para qualquer coisa relacionada à medicina”, disse.
No texto da campanha de arrecadação de fundos para ajudar a família a custear o traslado do corpo e o funeral, Jayne acrescentou: “Esta arrecadação de fundos é para homenagear essa linda mulher que foi amada por tantos, uma querida amiga que tocou tantas pessoas. Só podemos esperar que ela soubesse o quanto ela significava para nós, e como seu vazio nunca pode ser preenchido. Como essa perda é tão dolorosa e surreal”.
+ Mulher morre ao escorregar de assento de montanha-russa na Alemanha

*Com informações do UOL

Postar um comentário

0 Comentários