Sem Auxílio Emergencial, rendimento médio do brasileiro tem queda recorde em 2021 e atinge menor valor em 10 anos


O Auxílio Brasil do Governo Federal volta a ser pago oficialmente daqui a uma semana. Na próxima sexta-feira (17), o Ministério da Cidadania retoma os pagamentos justamente para as pessoas que possuem o Número de Inscrição Social final 1. Dessa forma, os repasses do mês de junho seguem normalmente até o próximo dia 30.
Veja abaixo o calendário completo do Auxílio Brasil no mês de junho:
Sexta-feira (17) – Número de Inscrição Social final 1
Segunda-feira (20) – Número de Inscrição Social final 2
Terça-feira (21) – Número de Inscrição Social final 3
Quarta-feira (22) – Número de Inscrição Social final 4
Quinta-feira (23) – Número de Inscrição Social final 5
Sexta-feira (24) – Número de Inscrição Social final 6
Segunda-feira (27) – Número de Inscrição Social final 7
Terça-feira (28) – Número de Inscrição Social final 8
Quarta-feria (29) – Número de Inscrição Social final 9
Quinta-feira (30) – Número de Inscrição Social final 0
Assim como aconteceu nos pagamentos anteriores, o Auxílio Brasil será pago em junho nos dez últimos dias úteis. Não há repasses previstos para os finais de semana, e não há previsão de interrupção das liberações por causa de feriados. Para saber qual é a data do seu recebimento, basta conferir qual é o algarismo final do Número de Inscrição Social (NIS).
Embora os pagamentos da oitava rodada só comecem na próxima semana, qualquer cidadão já pode conferir os detalhes de sua conta, sem precisar sair de casa. O Ministério da Cidadania explica que basta acessar o app do programa que já se encontra disponível para download em celulares com sistema Android e iOS.
Preciso solicitar o benefício?
Não. De acordo com as informações do próprio Ministério da Cidadania, não é necessário realizar nenhum tipo de solicitação para o recebimento do benefício em junho. Quem já faz parte da folha de pagamentos, entra no mês de junho automaticamente, desde que cumpra todos os requisitos de permanência no projeto.
Quem nunca recebeu nenhuma parcela do Auxílio Brasil, também não precisa realizar nenhum tipo de inscrição direta para o programa social. Basta se encaixar em todas as regras de entrada e esperar pela seleção do Ministério da Cidadania.
Quem pode receber o Auxílio Brasil?
As regras de inserção de usuários do Auxílio Brasil seguem as mesmas. Nesse sentido, segue valendo a ideia de que é necessário ter um cadastro ativo e atualizado no Cadúnico, além de ter uma renda per capita que se encaixa nos limites exigidos.
Vale sempre lembrar que mesmo seguindo todas as regras acima, é necessário esperar pela seleção do Ministério da Cidadania. Portanto, a simples entrada no Cadúnico não garante a participação no Auxílio Brasil, ou em qualquer outro programa social.
Vale-gás nacional
Ainda neste mês de junho, o Governo Federal pretende seguir com os pagamentos do seu vale-gás nacional. Os repasses acontecem a partir do mesmo calendário de liberações do Auxílio Brasil. Portanto, basta seguir as mesmas regras.
Em suma, o Ministério da Cidadania ainda não divulgou a quantidade de usuários que estão aptos ao recebimento do Auxílio Brasil e do vale-gás nacional neste mês. Todavia, é provável que eles divulguem os números a partir da próxima semana.
                                Fonte: Noticias Concursos

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
-- Composite Start -->