Ultimas

6/recent/ticker-posts

Quem Tem Sinusite Deve Evitar Quais Alimentos? | Reconsaj Noticias


Segundo especialistas, as vítimas desse problema são de 15% a 20% da população global, que acontece após um bom resfriado, processos de alergia e de deformidades anatômicas no nariz (como o desvio do septo nasal).
Nesta última situação, a cirurgia é, em última análise, a única saída eficaz. Mesmo sendo grave, o importante é sempre ter o acompanhamento de um profissional especializado, para que seja feito o tratamento ideal.
Existem alguns cuidados que ajudam a eliminar a inflação. Por isso, listamos abaixo para você ficar sempre atento:
Inale vapor
A secura da mucosa nasal facilita que as impurezas se acumulem. De acordo com o otorrinolaringologista Marco, isso torna o ambiente perfeito para que os microrganismos se proliferem, as quais podem levar a infecções e sinusites.
Portanto, a inalação de vapor é uma forma de evitar problemas, pois melhora a limpeza do trato respiratório. Além disso, esse hábito fluidifica o escarro acumulado e promove sua eliminação.
Se Atente ao Cigarro
Reginaldo Fujita, professor associado da Unifesp, especialista em ouvido, nariz e garganta, disse que, ao fumar, os movimentos dos cílios das narinas são enfraquecidos, que corresponde a um movimento dos pelos pequenos, que atuam na liberação das secreções que há nas cavidades nasais.
Desse modo, a fumaça acaba atrapalhando essa limpeza, promovendo um acúmulo das secreções, o que pode causar sinusite.
O fumo, de forma passiva, é diretamente prejudicial para as crianças, pois sua cavidade nasal é pequena e pode facilmente ficar congestionada. O mesmo ocorre quando respiramos muito ar poluído.
Beba Água
A ingestão da água pode fazer fluir todas essas secreções do seu corpo. Portanto, para quem quer combater essa sinusite, essa é uma das medidas essenciais. Gilberto Ulson Pizarro, otorrinolaringologista do Hospital Paulista de Otorrinolaringologia, ressalta que, quando um indivíduo está com sinusite, as secreções permanecem mais concentradas, dificultando a sua remoção. No caso das sinusites, pelos vírus e pelas bactérias.
Beber mais água torna-se mais importante. Pois esse processo de infecção causa febre, aumento da sudorese e perda da água. Sendo assim, compensar essa perda é essencial para o funcionamento normal do organismo.
Inicie uma Lavagem Nasal
Mesmo os pacientes que não possuem a sinusite devem tomar medidas de rotina, pois isso pode reduzir o risco de doenças respiratórias e aliviar as dores na cabeça. Para pacientes com sinusite, uma lavagem nasal precisa ser obrigatória.
O otorrinolaringologista Gilberto destacou que a lavagem concentra as secreções nos seios da face, e promove a drenagem de mais fluidos.
Os especialistas recomendam a utilização da água salgada na forma de spray, para não permitir que o vírus ou as bactérias possam contaminar o interior desse produto, o que acaba acontecendo com o tipo tradicional.
Vale ressaltar que a frequência de limpeza depende das necessidades do paciente. O médico disse o ideal é de, no mínimo, 3 vezes ao dia, ou todas as vezes que o indivíduo sentir dificuldade para realizar a limpeza das secreções nasais.
Elimine os Alérgenos do Ambiente
Quem sofre com alergia respiratória já sabe que, assim que se expõe ao pó ou a qualquer alérgeno, já começa a espirrar, além de causar coceira dentro dos olhos e o inchaço de estruturas nasais.
No entanto, a resposta final pode desempenhar um papel decisivo no desenvolvimento da doença sinusal. O otorrinolaringologista Ma Ke explicou que, pelo fato de o nariz estar entupido, o indivíduo sente dificuldade para respirar, e até mesmo para assoar o nariz. Assim, o acúmulo de secreções acaba sendo favorecido.
Os especialistas enfatizam que os pacientes com sinusite devem, em primeiro lugar, tratar essa rinite alérgica. E uma parte do tratamento inclui a remoção dos fatores que acarretam as crises do trabalho diário.
Se Proteger do Frio
O nariz se torna o responsável pelo aquecimento, hidratação e filtração do ar. Respirar em baixas temperaturas costuma ser mais difícil, pois o ar deve ser retido na cavidade do nariz por um período mais longo, para aquecê-lo antes de atingir os pulmões. O otorrinolaringologista Reginaldo alertou que, caso aconteça uma mudança muito brusca de ambiente, passando do quente para o mais frio, ainda que seja de forma temporária, pode causar a paralisação da função do ritmo ciliar.
Após a suspensão dessa função, o acúmulo das secreções pode causar sinusite. O risco aumenta. Portanto, proteja a boca e o nariz com algum lenço para evitar o frio direto.
Desligue o seu Ar Condicionado
O ar condicionado combina três problemas dentro de um aparelho. O especialista Marco disse que tem a capacidade de remover a umidade de ar, condensar os poluentes e, principalmente, resfriar o ambiente, se você não limpá-lo de forma regular.
Portanto, desligue o equipamento o máximo possível. Pelo mesmo motivo, também agrava a rinite alérgica.
Alimentos que Podem Piorar a Sinusite
Comer leite e alguns de seus derivados pode causar ou agravar a sinusite e a rinite. No entanto, a manteiga e o creme de leite não estão na lista.
Isso acontece quando a flora intestinal fica fraca (um tipo chamado desnutrição), permitindo que duas moléculas do leite (caseína e lactoglobulina) cheguem ao sangue.
Essas moléculas são tão grandes, que o organismo humano reage como se fossem objetos estranhos que precisam ser removidos do corpo.
Uma das consequências dessa reação é o muco que produz sintomas típicos de sinusite e rinite. Depois de uma semana, você pode começar a sentir os efeitos alérgicos do consumo de leite.
Outros alimentos que causam ou agravam a sinusite ou rinite são chocolate, farinha de trigo, ovos, alimentos fritos e alimentos processados.
Curiosamente, o suco de frutas deve ser evitado, pois ele nutre os fungos e os açúcares refinados em pacientes com sinusite crônica. As bebidas alcoólicas e o excesso de sal também precisam ser restringidos.  Fonte : www.culturamix.com

Postar um comentário

0 Comentários