Médico filma relação intima com enfermeira dentro de hospital e ambos são demitidos | Reconsaj Noticias

Caso foi no hospital municipal de Parauapebas, no sudeste do estado. Vídeo, que vazou nas redes sociais, mostra servidora pedindo para não ser filmada.
Um médico e uma servidora foram exonerados, após um vídeo vazar na internet mostrando ambos em um ato dentro de um consultório no Hospital Municipal de Parauapebas, no sudeste do Pará.
O vídeo circulou pelas redes sociais desde segunda-feira (23), mostrando a técnica com sua boca nas partes intimas no médico. No registro, ela chega a pedir que o profissional não faça imagens pelo celular.
Em nota, o Conselho Municipal de Saúde de Parauapebas informa que “repudia a conduta absolutamente inadequada de dois servidores públicos no exercício de suas funções”.
A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) de Parauapebas informou que “a gestão municipal tomou conhecimento dos fatos após o referido vídeo viralizar na internet”.
Ainda de acordo com a secretaria, “a conduta adotada não corresponde com a postura exigida pelas normas internas da instituição, indo também contra as regras estabelecidas no Estatuto dos Servidores Públicos de Parauapebas”.
A prefeitura confirmou a exoneração e disse, ainda, que “reitera o compromisso de não compactuar com esse tipo de comportamento” e que “continuará zelando pelo cumprimento das normas que são essenciais para a manutenção da ordem”.
                                                                           Fonte: Comunidade F7

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
-- Composite Start -->