Equipe da TV Bahia é agredida por seguranças de Bolsonaro




Uma equipe da TV Bahia foi agredida durante a visita do presidente Jair Bolsonaro a Itamaraju, no Extremo Sul, neste domingo (12). De acordo com informações da GloboNews, a equipe de segurança formava uma espécie de paredão no estádio onde o chefe do executivo pousou e agiu para impedir a aproximação de repórteres.
Um dos seguranças segurou a repórter Camila Marinho com a parte interna do antebraço, numa espécie de "mata-leão". Ainda segundo com o canal, no tumulto, essa imagem não pôde ser registrada. O presidente avançou e subiu na caçamba de uma caminhonete, ainda dentro do estádio.
O segurança pessoal de Bolsonaro ainda tentou impedir que os repórteres erguessem o microfone em direção ao presidente. No tumulto, um apoiador do presidente puxou os microfones e o aparelho da TV Bahia teve a espuma rasgada.
A GloboNews informou também que a pochete de Camila Marinho também foi arrancada por outro apoiador e recuperada por um repórter de outra emissora. Camila declarou que passa bem e que não pretende tomar medidas no momento. "Está tudo bem, graças a Deus", garantiu.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
-- Composite Start -->