Brumado: Recusa do secretário de saúde gera mais dúvidas sobre doação de terreno, diz Beto Bonelly | Reconsaj Noticias



Autor do requerimento que solicita a presença do secretário de saúde de Brumado e de representantes da empresa que pretende construir um hospital particular em terreno doado pela prefeitura na cidade, o vereador Beto Bonelly (PSB) declarou que a esquiva do Poder Público em responder aos questionamentos da Câmara levanta mais dúvidas acerca do projeto de doação. “Se o projeto é tão bom como está sendo vendido, se o trâmite que está sendo adotado está dentro da lei, qual o motivo da recusa em comparecer à Câmara para prestar os esclarecimentos almejados pelos vereadores? É inevitável pensar que há outros interesses por trás disso tudo”, argumentou ao site Achei Sudoeste. Bonelly disse que o Legislativo não é composto apenas pela bancada governamental e o secretário precisa responder aos questionamentos de todos os vereadores, eleitos de forma legítima pelo povo. “Reuniões particulares em gabinete não representam a casa legislativa. Membros da empresa estiveram em Brumado, mas apenas se reuniram com a bancada do prefeito. Por que?”, suscitou. O vereador ainda pediu que o secretário respeite os membros do parlamento, os quais, segundo frisou, não querem saber de politicagem, mas sim defender os interesses do povo. “Os questionamentos feitos em requerimento que protocolei formalmente são legítimos e plausíveis e o secretário tem por obrigação de atender ao chamado da Casa Legislativa. Isso está no Regimento Interno e na Lei Orgânica. Não entendo o real motivo dessa recusa. Essa atitude do secretário deveria configurar crime de responsabilidade”, arrematou.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem