Header Ads Widget

Vereadores de Vitória rejeitam título de cidadão honorário a Bolsonaro

O antenado blogueiro Jamildo Melo conta que os vereadores de Vitória de Santo Antão, em Pernambuco, rejeitaram “por maioria absoluta” a concessão do título de cidadão honorário ao presidente Jair Bolsonaro. A votação por 13 votos contrários a 3 ocorreu nas vésperas da visita do mandatário ao estado.

Segundo Jamildo, a discussão sobre a rejeição tomou toda a semana da cidade, com polêmica nas redes sociais.

“17 vereadores estavam presentes para a apreciação do polêmico projeto, mas só 16 votaram. Curiosamente, 13 é o número do PT e do ex-presidente Lula”, escreve o blogueiro pernambucano.

Outra coincidência: no mês passado, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva iniciou sua caravana pelo Nordeste a partir de Pernambuco.

Votaram pela rejeição André Carvalho, Carlos Henrique Queiroz, Davi Frutas e Verduras, Edmilson de Várzea Grande, Novo da Banca, Gold do Pneu, Beto de Bigode, Jota Domingos, Josias Militina, Lorinaldo Júnior, Mano Holanda, Doutor Saulo e Biu de Genaro.

Votaram a favor Celso Bezerra, Felipe Cezar e Marcos da Prestação, que se disse triste após o resultado negativo.


A principal recusa para concessão foi que o presidente não tinha serviços prestados à cidade. Vários parlamentares também afirmaram a necessidade de deixar mais claros os critérios para a concessão da honraria. O projeto foi classificado como eleitoreiro e extemporâneo.

“Vou votar contra. Respeito o direito de Marcos de apresentar o título de cidadão. Mas o que Bolsonaro fez direcionado a Vitória? Ele tem trabalhado pelo Brasil? Tem. Mas não tem nada específico direcionado a Vitória que justifique ganhar esse título”, disse o vereador Edmilson de Várzea Grande, do MDB, mesmo partido do prefeito local.

Vitória de Santo Antão fica a 46 quilômetros de Recife. Possui 140 mil habitantes, de acordo com o IBGE. O TSE informa 95 mil eleitores cadastrados.

Postar um comentário

0 Comentários