CRUZ DAS ALMAS: Prefeitura realiza atividades do Julho das Pretas a partir desta quarta (21)




Para dar visibilidade ao Julho das Pretas e ao Dia Internacional da Mulher Afro-Latino Americana e Afro-Caribenha, comemorado no dia 25 de julho, a Prefeitura de Cruz das Almas preparou uma programação de atividades que inclui cursos e uma palestra. As ações têm o objetivo de fomentar os debates sobre a identidade da mulher negra baiana e cruzalmense.

Algumas mulheres vítimas de violência e que recebem assistência no Centro de Referência de Atendimento à Mulher – Maria Joaquina (CRAM) vão participar de cursos na sede da instituição, localizada na Rua Rui Barbosa. A programação começa nesta quarta-feira (21) com uma oficina de artesanato e continua na quinta (22) com um curso de culinária.

Já na sexta (23), a Secretaria de Políticas Especiais realizará uma palestra com o tema ‘Feminicídio – a visibilidade da mulher negra e a luta para romper o silêncio contra o feminicídio’. O evento acontecerá na Biblioteca Municipal Carmelito Barbosa Alves, às 15h, com a participação da licenciada em história e professora da FAMAM, Silvia Karla.

A secretária de Políticas Especiais, Fernanda Fonseca, ressalta que esses momentos também são importantes para combater o racismo. “Essa programação é a afirmação do empoderamento contra o preconceito que existe. O Julho das Pretas é para dar voz e empoderar as mulheres negras, para que elas se vejam capazes”, afirma.

O dia 25 de julho foi escolhido para representar a luta feminina negra no 1º encontro de Mulheres Afro-latino-americanas e Afro-caribenhas, que aconteceu em 1992. Nesse sentido, o Julho das Pretas é um movimento em que diversas entidades de mulheres negras promovem uma agenda em comum com atividades durante todo o mês.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem