Criminoso de Porto Seguro morre em confronto com a PM de Teixeira de Freitas-BA.




O confronto aconteceu na Rua Cruz de Malta, no Bairro Tancredo Neves, em Teixeira de Freitas, por volta das 22h, deste sábado, 02 de julho.


O criminoso Rafael de Jesus Pereira, 21 anos, recebeu a guarnição da Polícia Militar a tiros, sendo necessário o revide por parte dos policiais. O resistente foi socorrido ao HMTF, mas não resistiu e veio a óbito. A ação policial se iniciou no Distrito de Santo Antônio, na Operação Blitz Todo Dia.


Ao abordar um suspeito, identificado como Samuel Bonfim da Silva, 23 anos, vulgo "Caboclo", os militares encontraram no interior do veículo VW Gol, que o suspeito conduzia, 35 porções de material aparentando ser cocaína. Ao ser questionado se havia mais drogas, ele informou que havia deixado uma quantidade da mesma substância com o borracheiro vulgo "Doidão", no posto Nova Era, para ser comercializada.
A guarnição deslocou ao referido posto e confirmou a informação. O borracheiro foi identificado como sendo, Rodrigo Silva de Jesus, 23 anos. Questionado sobre as drogas, o Rodrigo (Doidão) conduziu a guarnição até determinado local e entregou à guarnição 28 porções de maconha. Na sequência, o Samuel informou também que havia mais uma porção de drogas na casa que ele reside em Teixeira de Freitas.


O Samuel disse que morava com um indivíduo, de nome Rafael, e que o Rafael possuia um revólver. O Samuel disse ainda que os dois têm residência fixa em Porto Seguro. Ao chegar na residência, no Bairro Tancredo Neves, a guarnição foi recebida por disparos de arma de fogo, vindos do interior da casa. A guarnição revidou à injusta agressão, e efetuou disparos em direção ao criminoso.


Após que cessar os disparos, o Rafael foi encontrado ferido, na área de serviços da residência, sendo imediatamente socorrido para o Hospital de Municipal de Teixeira de Freitas, onde o Médico Plantonista atestou o óbito.


O Samuel (Cabloco) e o Rodrigo (Doidão) foram conduzidos à 8° COORPIN. Na ação, os militares apreenderam 01 revólver Taurus calibre .38, com numeração suprimida, 04 cartuchos intactos, 02 cartuchos deflagados; 01 balança de precisão; 10 trouxinhas de maconha; 01 celular LG; 01 celular Samsung, além das drogas apreendidas anteriormente com o Samuel e o Rodrigo.


O Rodrigo (Doidão) disse em depoimento, que no dia anterior foi procurado pelo Samuel, que lhe ofereceu 28 buchas de maconha para que ele vendesse, sendo que 14 seriam vendidas a R$ 10 e as outras 14, ao preço de R$ 50. O Rodrigo disse ainda que foi a primeira vez que ele iria tentar vender drogas, e que não havia combinado quanto ganharia pela venda.


Já o Samuel confirmou em depoimento que ele deixou as 28 porções de maconha com o Rodrigo e que as outras 35 porções de cocaína apreendidas com ele, também seria entregue ao Rodrigo (Doidão). Ele disse que toda a droga pertencia ao Rafael (morto em confronto). O Samuel e o Rodrigo foram flagranteados pelo delegado plantonista, Bruno Ferrari, por crime de tráfico de drogas. Os dois seguem custodiados à disposição da Justiça.
                                Por: Edvaldo Alves/Liberdadenews

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem