Header Ads Widget

PM suspeito de matar mulher e filho em Salvador é achado morto em Sergipe




O policial militar Adelson Silva Rosário, suspeito de matar mãe e filho em condomínio de Salvador, foi achado morto em um hotel de Aracaju, no estado de Sergipe, na terça-feira (2). A informação é da Polícia Civil nesta quinta-feira (4).


Valdice Maria Cabral da Silva, de 47 anos, e o filho, Gabriel Cabral da Silva, de 5 foram achados mortos o dia 11 de fevereiro, dentro do apartamento e os corpos já estavam em estado de gigantismo.


De acordo com a polícia, Adelson tinha um mandado de prisão temporária expedido. Não há detalhes do que ele fazia no estado vizinho.


A polícia informou ainda que o PM havia conhecido Valdice através de um aplicativo de relacionamento e ele foi a última pessoa que esteve com a vítima e com o filho dela. A polícia não tem detalhes das causas da morte do PM, mas a suspeita é de que ele cometeu suicídio.


Familiares de Valdelice disseram em fevereiro deste ano que quando ela e o filho deixaram de dar notícias, eles enviaram mensagens para o celular da vítima e foram respondidos. A suspeita era de que o autor do crime tenha usado o aparelho da mulher para enganar a família, conforme informou na época o delegado que investigou o caso.


Segundo os familiares, eles enviaram as mensagens por preocupação já que não viam a criança, nem a mulher, há alguns dias. Além do celular estar supostamente com o autor do crime, o carro da vítima também não estava no condomínio onde ela morava.


Na época em que as vítimas foram achadas, vizinhos de Valdelice informaram que foi o ex-marido da mulher que foi ao local com a polícia, arrombou a porta do apartamento e encontrou os corpos.

Postar um comentário

0 Comentários