Header Ads Widget

OAB cobra do Governo do Estado informações acerca das medidas restritivas adotadas em Brumado | Reconsaj Noticias



Diante do aumento exponencial de casos da Covid-19 no município de Brumado, a 21ª Subseção da OAB-BA encaminhou, no dia 16 de março, sugestão para a Administração Municipal criar comissão composta por profissionais das mais diversas áreas da saúde, com autonomia e independência, visando atuar de forma consultiva, com produção de relatórios para embasar as decisões tomadas pela Secretaria de Saúde. A 21ª Subseção da OAB-BA ainda aguarda resposta acerca da sugestão. Já no dia 26 de março, foi encaminhado ofício ao Governo do Estado e ao Secretário Estadual de Saúde solicitando informações sobre os critérios objetivos para adoção das medidas mais drásticas no combate à pandemia, inclusive com restrição de funcionamento das atividades não essenciais. “Os números assustam: no último dia de fevereiro do corrente ano, eram 5.011 casos confirmados em Brumado, com 61 óbitos. Apenas nestes 25 dias do mês em curso, foram identificados 1.734 novos casos de Covid-19, alcançando a espantosa marca de mais de 25% de todos os contaminados desde o início da pandemia (6.745 casos no total), além de 54 óbitos, estes que somam quase a metade de todas as notificações de falecimento em decorrência do novo coronavírus (totalizando 115 óbitos). Aguardemos a resposta do Governador e/ou do Secretário de Saúde. Tais fatos exigem medidas mais enérgicas dos governantes, maior fiscalização pelos entes públicos e de maior conscientização da população”, destacou a diretoria.

Postar um comentário

0 Comentários