Ciro Gomes apresenta ao STF notícia-crime contra Bolsonaro e André Mendonça | Reconsaj Noticias


 Ciro Gomes (PDT), ex-ministro e ex-governador do Ceará, apresentou uma notícia-crime contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o ministro da Justiça, André Medonça, ao Supremo Tribunal Federal (STF). O pedetista acusa ambos de praticarem o crime de advocacia administrativa.

Ciro afirma que o inquérito solicitado pelo ministério à Polícia Federal para apurar "suposto cometimento de crime contra a honra do presidente da República" é uma forma de usar a Administração Pública contra os opositores do presidente.

O pedetista virou alvo de investigação da Polícia Federal após criticar o governo Bolsonaro. O pedido de abertura de inquérito foi assinado pelo próprio presidente da República, por meio da Subchefia de Assuntos Jurídicos da Secretaria-Geral da Presidência, e conduzido pelo ministro da Justiça, André Mendonça.

O caso corre na Justiça Federal de Brasília e o despacho do Ministério da Justiça e da Segurança pública diz que Ciro é alvo de investigação policial com base do artigo 145 do Código Penal - que trata sobre crime contra a honra.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem