Header Ads Widget

Situações em que benefícios do INSS podem ser suspensos



Você sabe em quais situações o seu benefício do INSS pode ser suspenso? Na matéria de hoje vamos esclarecer sobre este tema.
Continue conosco e fique por dentro do assunto.
No decorrer do nosso texto vamos citar situações em que o INSS pode suspender o seu benefício. Veja!
Perícia médica periódica
Todo e qualquer beneficiário é obrigado a passar por perícias do INSS periodicamente, se ocorrer o descumprimento de tal regra, o INSS poderá suspender seu benefício.
Descumprimento da prova de vida
Este é outro caso em que o segurado pode ter seu benefício suspenso, qualquer segurado do INSS que recebe benefício, tem por obrigação realizar anualmente a comprovação de vida através das instituições financeiras, a prova de vida é feita para atestar se o beneficiário está vivo ou tem outra pessoa recebendo por ele, isto é feito através de biometria ou por outro meio que é definido pelo INSS.
Auxílio-reclusão
Este tipo de beneficiário precisa apresentar trimestralmente, um atestado informando que o segurado ainda permanece em regime fechado, para solicitar este documento é necessário comunicar o diretor do estabelecimento prisional.
Uma vez que for descumprido esta regra o INSS pode suspender o seu benefício.
Prazo para defesa

O prazo para a defesa é muito importante, pois, quando o beneficiário é notificado e o mesmo ainda está dentro dos requisitos para receber o benefício, é necessário apresentar a defesa no prazo, caso contrário o benefício também será suspenso.
Atestado de vacinação dos dependentes
Para as pessoas que recebem o benefício salário-família, é obrigatório apresentar todos os anos o atestado de vacinação dos dependentes com idade até seis anos.
É necessário também a comprovação semestral de frequência à escola dos dependentes, com idade a partir de quatro anos.
O descumprimento dessas regras citadas acima, o INSS poderá suspender o pagamento do benefício.
Ressaltando que a suspensão é diferente do cancelamento, uma vez que o beneficiário tem seu benefício suspenso, o mesmo pode regularizar a sua situação e voltar a receber o tal benefício. Já o cancelamento é definitivo.

De acordo com o Superior Tribunal de Justiça, segue o seguinte entendimento:

“A jurisprudência do STJ já se posicionou quanto à necessidade de obediência ao devido processo legal e ao contraditório, durante o trâmite de processo administrativo com a finalidade de suspender ou cancelar benefício previdenciário concedido mediante fraude.”

Dica Extra do Jornal Contábil: Compreenda e realize os procedimentos do INSS para usufruir dos benefícios da previdência social.


Já pensou você saber tudo sobre o INSS desde os afastamentos até a solicitação da aposentadoria, e o melhor, tudo isso em apenas um final de semana? Uma alternativa rápida e eficaz é o curso INSS na prática:

Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber para dominar as regras do INSS, procedimentos e normas de como levantar informações e solicitar benefícios para você ou qualquer pessoa que precise.


Não perca tempo, clique aqui e domine tudo sobre o INSS.

Por Laís Oliveira  Fonte : www.jornalcontabil.com.br

Postar um comentário

0 Comentários