PM suspeito de matar trans em motel se apresenta à policia em Manaus





O policial militar Jeremias da Costa Silva, suspeito de assassinar a transexual Manuella Otto, 25, se apresentou à polícia. O homem estava foragido desde a madrugada de sábado (13), quando foi flagrado por câmeras de segurança deixando a cena do crime.


O PM estava acompanhado de um advogado, mas não respondeu às perguntas do delegado Charles Araújo e preferiu se manter em silêncio. A polícia afirma que vai usar o vídeo da fuga como uma das provas no processo. A arma usada no crime ainda não foi identificada.


As investigações em torno do caso continuam e detalhes não serão divulgados para não prejudicar o andamento do trabalho da polícia.


Manuella foi achada morta em um motel na avenida Sumaúma, no bairro Monte das Oliveiras. Ela foi baleada nas costas e no braço esquerdo. O motivo do crime ainda não foi desvendado.



content_24fbbaaf-0b89-4882-9dcd-92113ddd79f1_9BDC257C-18EC-4667-966D-F4B353EBDCC8

share_big_3a61962b-29fe-4017-a43c-a0fb7ac857ac_CDDDD07A-03C6-44CF-87CA-2D7AFA41379F

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem