SAPEAÇU: Evangélica pode ter sido morta por disparo acidental de arma de fogo; Polícia Civil investiga


A Polícia Civil de Sapeaçu, no Recôncavo baiano, investiga as causa que levaram à morte da evangélica identificada como Rosiane Santos Barbosa, 26 anos, na noite de terça-feira, dia 1º. Suspeita-se que Rosiane tenha sido alveja por um disparo acidental enquanto um suspeito conhecido por "Gugu" manuseava a arma próximo à vítima. Outras possibilidades também estão dentro da linha de investigação da Polícia Civil. A vítima chegou a dar entrada no Hospital Municipal, mas veio a óbito logo em seguida. O corpo foi encaminhado para o DPT-Departamento de Polícia Técnica de Santos Antônio de Jesus.


F: #ForteNoReconcavo

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem